sábado, 5 de março de 2016

Resenha #14 | Harry Potter e a Pedra Filosofal | J. K. Rowling

Oi, gente!

Como todos já sabem, estou participando do projeto Nuvem em Hogwarts e cá estou para apresentar a resenha do primeiro livro da série.



Sinopse: Um bebê é deixado à porta da família Dursley, com uma carta que explica quem ele é e quais os mistérios que envolvem sua sobrevivência. Onze anos mais tarde, Harry Potter recebe o melhor dos presentes de aniversário: descobre que é um bruxo e como tal deve ser educado. Conduzido por Rúbeo Hagrid, o doce e atrapalhado gigante ruivo, Harry inicia sua trajetória no cotidiano da magia. Na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, sob a direção do sábio professor Alvo Dumbledore, ele aprende a fazer poções, feitiços, a transformar coisas e a "pilotar" uma vassoura. Enfrenta as dificuldades normais de um principiante e uns obstáculos a mais lhe são impingidos por sua fama. Afinal, Harry Potter, mesmo sem saber, derrotou o mais terrível dos feiticeiros. Agora, para prosseguir vitorioso, precisa aprender a dominar a sabedoria contida em valores simples da vida como a amizade, a perseverança e o amor. 




Harry é um garoto muito malcuidado pelos tios desde que se entende por gente. Seus pais morreram em um acidente de carro e os Dursley são os únicos parentes vivos de Harry. Ele sempre fica com as piores roupas, a menor quantidade de comida, é constantemente alvo da ira dos tios e das traquinagens do primo até o dia que ele descobre sua natureza bruxa. Ele é encontrado por Hagrid, o maior homem que Harry já viu na vida, que contou um pouco da verdadeira história do menino.

Devido a sua idade e natureza, Harry começa a estudar em Hogwarts, uma escola de magia, e faz muitos amigos e conquista a inveja de tantos outros, devido a sua fama. Harry Potter sobreviveu ao ataque de um bruxo terrivelmente poderoso - Aquele que não deve ser mencionado - e a única evidência disso, é uma cicatriz em formato de raio na testa.

Em Hogwarts, Harry aprende muito mais sobre bruxaria, sobre seu passado, sobre o terrível bruxo que queria sua morte e começa a entender seu destino. Harry conhece Rony e Hermione e eles acabam descobrindo mistérios envolvendo objetos ocultos na escola, após uma tentativa de roubo do mesmo. Depois de enfrentar diversos obstáculos, Harry precisa provar que é capaz de vencer o inimigo.


Eu nunca tinha lido Harry Potter e quando iniciei a leitura, não consegui mais parar. O enredo me manteve presa às páginas até o final e eu queria mais. Harry é um personagem que não me conquistou por ser extremamente individualista. Apesar da amizade com Rony e Hermione ser verdadeira, ele me parece muito frio e distante dos amigos. Rony é um amor de garoto que me chamou atenção desde sua primeira fala no livro, ele é o tipo de personagem que eu apertaria até esmagar (risos) e Hermione tem me ensinado muito sobre caráter, amizade, dedicação e feminismo.

Harry Potter e a Pedra Filosofal é uma história de coragem, amizade, conquistas e força de vontade. Parece clichê falar assim, mas eu não entendo o motivo de eu ter me negado a ler a série antes.

E vocês, estão participando do projeto ou já leram antes? Conta aí nos comentários :)


Até a próxima!