quarta-feira, 27 de maio de 2015

Resenha #3 | Confissões On-line | Iris Figueiredo

Sinopse
Prudência é uma característica que só consta no sobrenome de Mariana
Prudente. A menina viu sua vida mudar de cabeça para baixo em poucos meses: perdeu a popularidade, o namorado, a melhor amiga e o grande
sonho de fazer um intercâmbio. Agora, Mariana vê seu nome rabiscado nas cabines do banheiro da escola e escuta fofocas sobre ela pelos corredores do colégio e fica sem rumo. O vestibular se aproxima, sua irmã está enlouquecida por causa do casamento marcado, e tudo que ela quer é não pirar enquanto suporta os últimos meses no ensino médio.
Sem lugar para desabafar, Mari vê no ambiente virtual uma chance de descarregar todas as angústias do mundo off-line, criando o vlog "Marinando". Com sua banda preferida como trilha sonora, ela conta com a ajuda de Arthur e Carina para mergulhar no mundo virtual e esquecer os problemas do mundo real. Com uma câmera na mão e alguns vídeos na internet, Mariana Prudente vê sua vida mudar mais uma vez, pois chegou a hora de sair dos bastidores e ser a protagonista novamente.

Iris Figueiredo é mais uma autora nacional que conquistou meu coração. Eu a acompanho a alguns anos através do blog dela, pois sempre gostei das indicações literárias e devo dizer que a considero minha mentora de leituras. Nada mais justo que eu querer ler os livros escritos por ela, certo?



Marina é uma adolescente como qualquer outra, adora conversar com as amigas, sair com o namorado, planeja fazer intercâmbio internacional, coisas simples da vida de um adolescente. Até o dia em que um amigo do namorado espalha o boato que Marina teria tentado ficar com ele e isso acaba com a popularidade dela. Ninguém mais confia na garota que traiu o namorado.

“Fofocas se propagam como a peste negra, não importa a época ou local. Sempre acompanhada de uma boa dose de veneno — e não muita preocupação com a verdade —, espalhar um boato mentiroso é tão fácil quanto respirar. Mas desfazer essa má impressão é difícil.” (p. 07)

Em casa, Mari se sente cada vez mais abandonada já que a irmã Melissa – protagonista do livro Dividindo Mel – está para se casar e todas as atenções estão voltadas para a bendita festa (vamos combinar, Melissa virou uma mala sem alça e sem rodinhas), inclusive seu intercâmbio está ameaçado por causa dos gastos com o casamento. Sem amigos e sem família para conversar sobre assuntos que não envolvam daminhas ou bem casados, Marina cria um canal no youtube para desabafar as mágoas, o Marinando e conhece o gato do Artur no show da sua banda favorita, aventura essa que lhe rendeu um baita castigo.
Sua vida muda totalmente quando ela divulga no seu canal, o vídeo da irmã tendo um ataque histérico, envolvendo questões do casamento, é claro.

Confissões On-line é um livro que me envolveu do início ao fim com as aventuras de Marina e estou muito ansiosa para a sequência que será lançado na Bienal do Rio e é claro, serei a primeira da fila para tietar mais uma grande autora nacional. O livro deixou muitas pontas soltas que espero que se resolvam do mesmo jeito que se resolveram em minhas teorias, que são várias. O que mais gostei é que a Iris falou sobre assuntos sérios e pertinentes para a adolescência de forma delicada, mas bem firme. Ela levou a realidade para as páginas de forma graciosa para os jovens leitores.



Enquanto escrevia a resenha, aproveitei para escutar a playlist que a Iris fez para o livro, você pode ouvi-la aqui. Vou deixar os links da autora aqui, para que possam conhecer mais o trabalho dela.



Até a próxima!